TEXTANDO VERSOS

Textos diversos de inversos contextos, testes de versos e meros pretextos fazendo de tudo para encher de textura o universo da web. De forma concisa, são apenas loucuras entre linhas de divisa.

22 de mai de 2011

exigo-me

"algum dia ainda ele começará sua vida de novo"

(risos)
enquanto a multidão levantava e o dia era novo
pensava eu: que saco, que agonia!
injustiçado pela covardia de acordar
sem saber o que fazer com o dia

(tédio)
mas o que é que acontece no oriente médio
que estraga tanto assim a minha alma?
saber que no mundo tem caos e sofrimento
ou saber que meu espírito não tem calma?

(propaganda)
ficarei à mercê da publicidade da notícia
saber dos numeros de hoje e os famosos
boletins do esporte ou de polícia
ahhh, meus lindos neurônios ociosos...

foi um erro cometido, dizer que fui, não tendo ido
plantado no meu sofá, medonho, deixei a vertigem consumir
os tesouros mais preciosos de meu sonho:
a liberdade para escolher
a sabedoria para saber escolher
e ambos para ser feliz escolhendo o amor

- - -

por que ainda somos defeituosos
mas cada vez mais cientes disso
aguardando o dia da manifestação em frente à fábrica

- - -

lição nº 1 para a sua vida profissional:
não seja totalmente sincero
aprenda bem esta máxima: lero-lero-lero...

- - -

queria fazer uma poesia bacana
mas esta noite estou sem fôlego
porque "cama" rima com "ama"
mas não sei de nada para "ôlego"

- - -

(jornal)
_ olha só essa, o mundo vai mudar.
_ como assim, vai acabar miséria e guerra?
_ quase assim, falo da Terra.
   foi rebaixada para a quarta elíptica solar.

- - -

_ brrr... mas que frio, cara!
_ pois é, a humanidade se deu mal.
_ brrr...vamos fazer uma fogueira!
_ hm... cadê aquele jornal?

2 comentários:

  1. isso me lembrou o mito da caverna em quadrinhos

    ResponderExcluir
  2. gostei do teu blog!!tu escreve tri bem!!já estou te seguindo!!!curte cinema? acho que vais curtir esse blog:
    http://thecinefileblog.blogspot.com/
    grande abraço!!

    ResponderExcluir