TEXTANDO VERSOS

Textos diversos de inversos contextos, testes de versos e meros pretextos fazendo de tudo para encher de textura o universo da web. De forma concisa, são apenas loucuras entre linhas de divisa.

10 de mai de 2010

Across the Universe



Words are flowing out like endless rain into a paper
cup,
They slither wildly as they slip away across the
universe.
Pools of sorrow, waves of joy are drifting through my
opened mind,
Possessing and caressing me.

Jai guru deva. Om.

Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.

Images of broken light which dance before me like a
million eyes,
They call me on and on across the universe.
Thoughts meander like a restless wind inside a letter
box,
They tumble blindly as they make their way across the
universe

Jai guru deva. Om.

Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.

Sounds of laughter, shades of love are ringing through
my opened ears
Inciting and inviting me.
Limitless undying love, which shines around me like a
million suns,
And calls me on and on across the universe

Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.



[Pelo Universo]
Palavras flutuam como uma chuva sem fim dentro de um copo de papel
Elas se mexem selvagemente enquanto deslizam pelo universo
Um monte de mágoas, um punhado de alegrias estão passando por minha mente
Me possuindo e acariciando


Glória ao maestro do Universo

Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo

Imagens de luzes quebradas que dançam na minha frente como milhões de olhos
Eles me chamam para ir pelo universo
Pensamentos se movem como um vento incansavel dentro de uma caixa de correio
Elas tropeçam cegamente enquanto fazem seu caminho pelo universo

Glória ao maestro do Universo

Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo

Sons de risos, sombras de amor estão tocando meus ouvidos abertos
Me excitando e convidando
Um amor incondicional sem limites que brilha em minha volta como milhões de sóis
E me chamam para ir pelo universo

Glória ao maestro do Universo

Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo
Nada vai mudar meu mundo

Glória ao maestro do Universo
Glória ao maestro do Universo
Glória ao maestro do Universo
Glória ao maestro do Universo
Glória ao maestro do Universo
Glória ao maestro do Universo

3 comentários:

  1. Que som bom!!!
    Ótima semana, Rafael.
    Afinal a gente tem q ser quem a gente quiser! rs

    ResponderExcluir
  2. "Nothing's gonna change my world" será?

    ResponderExcluir