TEXTANDO VERSOS

Textos diversos de inversos contextos, testes de versos e meros pretextos fazendo de tudo para encher de textura o universo da web. De forma concisa, são apenas loucuras entre linhas de divisa.

31 de mai de 2010

Kid Abelha - Maio



Maio


Já está no final
O que somos nós afinal
Se já não nos vemos mais
Estamos longe demais
Longe demais
Maio
Já está no final
É hora de se mover
Pra viver mil vezes mais
Esqueça os meses
Esqueça os seus finais
Esqueça os finais
Eu preciso de alguém
Sem o qual eu passe mal
Sem o qual eu não seja ninguém
Eu preciso de alguém
Maio

Já está no final
Já está no final
É hora de se mover
Pra viver mil vezes mais
Esqueça os meses

Esqueça os seus finais
Esqueça os finais
Eu preciso de alguém
Sem o qual eu passe mal
Sem o qual eu não seja ninguém
Eu preciso de alguém

Eu preciso de alguém
Sem o qual eu passe mal
Sem o qual eu não seja ninguém
Eu preciso de alguém
Maio, Junho, julho, agosto, setembro
Outubro, novembro, dezembro







2 comentários:

  1. Nossa! Kid abelha mexe com meu psicológico quando estou de tpm... deletei meu blog há algumas semanas atrás... eu voltarei com a minha meta de instrumentalizar a internet e não ser apenas um meio de entretenimento barato :)
    ps: ACHO que te vi esses dias por Jacarezinho, mas como sempre distraída, passei reto ainda anestesiada pelas lindas imagens do ballet contemporâneo. É, eu faço filosofia, sou snobe por natureza. C'est la vie.

    ResponderExcluir
  2. O meu amor, maio ficou pra trás e nesse primeiro dia de junho faço aqui uma declaração: também te quero sempre! Muito belas as palavras, comentarios que presenteou o meu blog...um bjo gigante!

    ResponderExcluir